Técnica, Feeling e Criatividade


Por Emiliano Gomide

Técnica, feeling e criatividade andam juntos. Eles são igualmente importantes, pois toda vez que você escuta um sem o outro, fica aquela sensação estranha. Se você deseja ser um bom guitarrista e fazer bons solos de guitarra, você precisa desenvolver essas três habilidades.

Você já deve ter escutado um guitarrista solar com muita técnica, mas com uma melodia que simplesmente não fazia muito sentido. Faltava alguma coisa. Podemos dizer que esses solos tem uma falta de feeling e criatividade.

Por outro lado, criatividade e feeling não servem para nada se o guitarrista não possui um conjunto de técnicas que sabe executar. Imagine que você tem uma ideia criativa para uma música em sua cabeça. Você consegue pensar exatamente como seria a música e como seria ótimo se pudesse tocá-la. Mas nada disso ocorrerá se você não souber transmitir essa ideia para a guitarra. Se você não dominar as técnicas básicas, você não conseguirá tocar as notas que estão na sua imaginação.

criatividade é a capacidade de criar algo novo e interessante. Mas não basta compor uma música que seja totalmente diferente de qualquer outra. Ela precisa agradar a alguém. A boa notícia é que se você conseguir criar algo que agrade pelo menos a você mesmo, há grande de chance de mais pessoas gostarem. Aliás, essa é melhor forma de ser criativo com música, tentando tocar algo que te faça se sentir bem e não tentando criar algo só para agradar um determinado público. Isso deve ser uma consequência, não um objetivo.

E quanto ao feeling? Provavelmente, você não quer ser só mais um guitarrista que "dispara" notas em alta velocidade. E também não quer que suas composições e improvisos fiquem sem graça. Cada nota para você tem que fazer sentido. Feeling é a habilidade de tocar a nota certa na hora certa e, principalmente, da forma certa. Só o feeling te dirá se está na hora de acelerar seu solo. Só o feeling te dirá se um vibrato irá cair bem ou não. Não existe teoria para isso. Você precisa sentir e tocar de acordo com o que sente. E, assim como a técnica e a criatividade, esta é uma habilidade que você pode treinar e ficar cada vez melhor.

Técnica, feeling e criatividade são parceiros. Um ajuda o outro. Assim, quanto mais você valorizar esses três elementos, mais eles irão fortalecê-lo como guitarrista e os seus solos ficarão cada vez melhores.


___________________________________________________________________

http://99e0445.leadlovers.com/como-solar-com-modos-gregos-1

Quer melhorar seus solos?

Se você quer melhorar seus solos e aprender a solar com Modos Gregos, nós recomendamos que você conheça o Como Solar Com Modos Gregos. Este é o único método que ensina como criar solos interessantes com Modos Gregos, sem ter que decorar um monte de escalas.

Caso ainda não conheça, visite e assista aos vídeos gratuitos da série Como Solar Modos Gregos no link abaixo:

Clique AQUI para conhecer o Como Solar Com Modos Gregos

Bons estudos!

GuitarCoast

21 comentários:

castles made of sand disse...

Concordo plenamente, me ajudou bastante, bem resumido, obrigado.

Antonio Flay disse...

Show, muito bom mesmo, agora é só alimentar esses elementos em minha musicalidade.

Bryan disse...

Muito bom

rodrygo yagami disse...

poxa muito inportante essa dica valeu

Emiliano Gomide disse...

Valeu, Rodrygo!

. disse...

Olá to gostando mito das aulass .

Emiliano Gomide disse...

Obrigado, amigo!

Marcos Amorim disse...

Muito bom!
Essa deve ser a ideia.
Como faço para colocar na pratica?

Emiliano Gomide disse...

Olá Marcos, valeu! Para colocar na prática, eu sugiro que você grave a si mesmo improvisando sobre uma escala,com uma câmera ou microfone (pode ser do computador ou celular). Ao ouvir a sua gravação, você saberá dizer o que esta precisando melhorar (técnica, feeling ou criatividade). Aí, depois, você grava novamente, tentando fazer melhor. Você perceberá uma evolução clara da primeira gravação para a segunda! Abs

nildo disse...

muito boa matéria.
sugestões para melhorar o feeling? ?

Emiliano Gomide disse...

Valeu, Nildo! Uma dica simples para melhorar o feeling é você praticar bastante o mesmo solo (ou improviso). Não só a sua técnica melhora, mas também a sua sensibilidade, pois você passa a perceber pequenos detalhes que podem passar despercebidos. Abs

JULIO CESAR Rodrigues disse...

Com certeza feeling, técnica e criatividade tem que andar de mãos dadas no mundo das seis cordas.
Muito bem colocado. Parabéns

Emiliano Gomide disse...

Valeu, Julio Cesar! Abs

Uemerson Santos disse...

Muito boa dica, mas estou com uma dúvida.. Quando o feeling precisa começar a ser trabalhado? Desde o primeiro contato com a guitarra? Pergunto porque estou começando quero saber o quanto antes quando começar a trabalhar meu feeling.

Emiliano Gomide disse...

Excelente pergunta, Uemerson Santos! O feeling está em tudo que fazemos na guitarra, não só na hora de solar. Portanto, se você simplesmente se preocupar em tocar com clareza cada nota, e no ritmo certo, quando estiver treinando uma música, você já estará treinando seu feeling. Isto é importante para criar a sua base técnica, a capacidade de conseguir executar músicas na guitarra corretamente. Aí, mais tarde, quando você for começar a improvisar na guitarra e tocar solos, você sentirá que sabe onde encaixar cada nota (é uma sensação quase transcendente, que de fato ocorre). Um abraço, Emiliano

Gyll Derley disse...

Excelente. .. gostei muito do texto..

Emiliano Gomide disse...

Obrigado, Gyll!

Israel Soares disse...

UAU, estou ansioso para treinar uhuu, obrigado!!!

Emiliano Gomide disse...

Top, Israel!!

Anônimo disse...

Estou mais grato do que posso me empresar em palavras, você foi o único que pode nos responder claramente essa duvida

Emiliano Gomide disse...

Opa, que bacana amigo Anônimo. Muito legal ver que vc curtiu o artigo que escrevi e que conseguiu esclarecer sua dúvida. Abs