10 Erros a Evitar na Internet

Por Ramon Domingos

1 - O YouTube não substitui o palco

A Internet é um meio muito bom de auxílio aos músicos. É uma ferramenta sem custos e de altos índices de divulgação. Mas não se iluda com isso, tenha os pés no chão e saiba que o YouTube não substitui palco. Você pode até ter ótimas visualizações em seus canais, porém o importante é você se manter em atividade. Tocando! Tocando sempre! Em workshops, com bandas ou até sozinho. É importante que o músico toque. A melhor maneira de manter uma boa carreira é fazendo aquilo que você sabe fazer ao vivo! A melhor divulgação do músico é o próprio músico.

2 - Tome cuidado com as informações na Internet

Um grande problema hoje é que muitas pessoas acham que a Internet pode resolver tudo. Por exemplo, um guitarrista que deseja aprender um determinado assunto na música, ao invés de procurar por um bom professor, fica horas na Internet buscando por matérias e vídeos. Muito cuidado... Encontramos, nesse meio, muitas informações errôneas e o problema está em aprender errado, absorver errado e, pior ainda, ensinar errado! Isso é um problema sério. Então, cuidado ao escolher os sites que você vai buscar informação. Procure saber se esses sites são recomendados por outros guitarristas. E lembre-se que o ideal, para aprender guitarra da maneira correta, é ter aulas com um bom professor, principalmente se você quer se tornar um profissional.

3 - Não se acomode com as facilidades da Internet

A Internet e todas suas funcionalidades facilitam nosso cotidiano e até mesmo a comunicação. O problema é que isso está gerando uma geração de seres ”não pensantes”.  Às vezes, converso com várias pessoas de diferentes idades, e vejo as diferenças. A minha geração é a geração que sempre quis algo pronto! Gerações anteriores sempre corriam atrás das coisas. Não havia muita informação, não existia Guitar Pro, não tinham nem computador, e precisavam tirar as músicas de ouvido, (muitas vezes em uma gravação de fita não muito boa). Mas eles faziam as coisas acontecerem! Agora, vejo que a geração posterior a minha não só quer as coisas já prontas, (o que já pode ser algo ruim para um músico), mas querem um site que faça as coisas para elas. Ninguém mais quer pensar, ler e pesquisar.  Só querem apenas digitar o que precisam no Google e achar a resposta mais superficial possível. Estamos em uma era onde muita gente não raciocina, e isso é muito grave, não apenas na música, mas no meio social também. Então, quando se tratar de um aprendizado importante, evite atalhos. Busque aprender de verdade.

4 - Pense antes de publicar sua opinião

Infelizmente, a Internet cria uma massa de críticos especializada em porcaria nenhuma! O problema é que o cara, quando se senta na frente de um computador, se torna o mais renomado crítico em arte, entende de cinema, de música, de teatro e tudo mais! E sai criticando e ofendendo pessoas que estão demonstrando seus trabalhos. Uma coisa é você não gostar de certo trabalho.  Outra coisa é ele não ser bom.  Algumas pessoas tendem a ser um pouco egoístas nesse ponto, querendo que tudo as agrade e aquilo que não cumpre esse papel é desmerecido. Quem entende de música e pode falar algo sobre ela é quem trabalha com isso ou quem estudou. Então, se você não tem conhecimentos sobre, é melhor evitar falar besteira. Em relação à guitarra, vejo que falta muito respeito entre os internautas, que vivem se ofendendo em fóruns de guitarras, grupos de guitarristas no Facebook, ou até mesmo criticando vídeos no YouTube com palavras pesadas e termos esdrúxulos. E, tudo isso, por bobagens, por coisas insignificantes. Preste atenção nisso. Antes de publicar algo, pense bem se sua opinião é embasada em algum conhecimento, ou se é só mais um “pitaco” desnecessário, que só vai prejudicar suas relações com as pessoas. Lembre-se que a Internet é um bem público. Precisamos cuidar dela.

5 - Publique apenas conteúdo interessante

Você é um guitarrista profissional e usa a Internet como principal meio de divulgação do seu trabalho. Então, use a Internet de forma inteligente... Por favor! Ninguém quer saber o que você almoçou na quinta-feira, o chopp que você tomou na sexta ou a camiseta que você comprou no sábado!  Problemas e fatos do dia a dia interessam a você e aos seus amigos somente, e não ao povo da Internet. Então, logicamente, você não precisa ficar publicando as coisas que você faz de minuto em minuto. Já temos muitas futilidades na Internet. Não vá você, que é um cara estudado e que tem conhecimento, ficar se baixando a essas realidades. Use a Internet para colocar vídeos e fotos de divulgação dos seus trabalhos, para publicar artigos que você escreveu, trabalhos de amigos, ou músicos que você curte.

6 - Áudios, vídeos e textos de qualidade

Seus áudios, vídeos e textos devem ter uma boa comunicação e o conteúdo deve estar correto.  Isso é fundamental para construir sua credibilidade. Qualidade é algo que valoriza seu trabalho. Se você ainda não está preparado para criar conteúdos complexos de alta qualidade, simplifique. A simplicidade irá te ajudar a evitar erros. A boa notícia é que as pessoas preferem coisas simples na Internet. Quando percebem que um vídeo ou texto é muito longo, muitas já evitam clicar.

7 - Construa boas relações com colegas de profissão

Use a Internet com um bom meio de comunicação. Se te perguntaram algo, responda. Não ofenda ninguém e não desmereça ninguém! Pode ser que um dia você encontre essas pessoas e talvez você possa precisar delas ou vice versa.

8 - Planeje sua atuação na Internet

Já que você vai usar a Internet para alavancar o seu trabalho, faça isso de forma planejada. Isto é, estabeleça metas claras para serem alcançadas em datas específicas. Por exemplo, se você quer aumentar o número de fãs na sua página do Facebook, defina quantos fãs você quer e até que data você pretende alcançá-los. Não saia por aí querendo conquistar o mundo e atirando para todos os lados sem um plano. Além disso, saiba quanto dinheiro precisará investir para alcançar cada objetivo.

9 - Não limite seus contatos profissionais à Internet

Não se isole do mundo só por que através de um computador você tem todos os recursos possíveis.  É importante se manter sempre dividindo ideias com outros músicos. Entenda que, para o seu trabalho crescer, é importante que você tenha boas relações e conheça músicos locais. Isso se chama networking e pode fazer toda a diferença para você! Lembre-se que, antigamente, ninguém tinha Internet e mesmo assim as pessoas conseguiam construir suas carreiras.

10 - Saiba separar meio profissional e pessoal

As redes sociais, na verdade, surgiram para interagir no meio pessoal, encontrar parentes, amigos antigos, pessoas distantes e tudo mais. Porém, com o grande crescimento e disseminação dessas redes, muitas pessoas, não só os músicos, usam as redes sociais e a Internet como um meio profissional. Portanto, é necessário saber separar as coisas, o profissional do pessoal, para que as pessoas não se confundam sobre suas informações, e que o lado pessoal não interfira no seu profissional, deixando clara a forma que você trabalha e quais são seus focos. Isso deixa as coisas mais organizadas.

Autor: Ramon Domingos


Conheça mais sobre Ramon Domingos:

Guitar Tech (blog do Ramon)

___________________________________________________________________




Quer aprender Modos Gregos? 

Os Modos Gregos são uma forma de solar na guitarra e no violão que permite você criar as mais diversas sonoridades, gerando sensações e emoções inexplicáveis na sua música.

Aprenda todos os segredos no Workshop de Modos Gregos. Na 1ª parte deste Workshop 100% Online e 100% Gratuito vamos ensinar os Modos Gregos desde o início, explicando o que é e como funciona esta abordagem. Na 2ª parte vamos mostrar como aplicar os Modos Gregos nos seus solos, improvisos e composições.


Bons estudos!

GuitarCoast

6 comentários:

Romualdo Gomes disse...

Muito bom artigo! Acho que todos que iniciam a carreira de músico deveria ter acesso a esses tipos de informações. Parabéns

Emiliano Gomide disse...

Valeu, Romualdo! Essas dicas do Ramon são muito boas mesmo! Abs

Matheus Carius disse...

Essas dicas do Ramon estão perfeitas. Todos os artigos dele com informações refinadas que somam mt na vida do músico. Obrigado

Anônimo disse...

Ramon, levando um pouco na brincadeira sem deixar de ser sério seus conteudos. Pelo Amor de Deus! ..Onde Você estava em 1985!..Quando ganhei minha primeira guitarra, e comecei a mexer com musica!rs
Demais cara!..Que conteudo ! Importantíssimo suas matérias..Indispensável.
Obrigado!

Ramon Domingos disse...

Fala Matheus!!!!! mto obrigado cara... o que mais me deixa feliz é saber que minhas informações são úteis e ajudam vcs! sempre teremos coisas novas! sempre acompanhem o trabalho que sempre trarei novas ideias.... e o que precisar pode sugerir temas, que eu vou escrever com o maior empenho!!!

Caro amigo anônimo... devo dizer que gostei mto do que vc escreveu... de fato é isso que me deixa feliz em relação aos meus trabalhos! Não tem ganho melhor do que saber que minhas informações e ideias são legais e funcionam!!!
Aproveitando sua brincadeira.... hahaha!!! eu ainda não era nascido! hehehe fui gerado dois anos depois!!! hahahaha mas que bom que minhas ideias são úteis a vcs!!!! obrigado mesmo pessoal!!! fiquei mto feliz!!! abs!!!

Vallim disse...

ótimo artigo!