Aprenda a Tocar Guitarra - Dicas para Iniciantes


Nos próximos parágrafos, você encontrará dicas importantes para manter em mente ao longo de todo o seu aprendizado. Esses conselhos irão mantê-lo no caminho certo simplesmente por um motivo: eles mostram como evitar o caminho errado.

Você pode estar apenas interessado em aprender o básico para conseguir tocar suas músicas favoritas no violão ou na guitarra. Ou você pode desejar, desde o início, chegar a um nível avançado na guitarra, para poder criar suas próprias músicas, solar, improvisar e usar as mais diversas técnicas. Seja qual for o seu objetivo, os conselhos continuam os mesmos. Eles se aplicam a qualquer guitarrista e o ajudam a chegar mais longe e mais rápido. Então vamos ao que interessa!

Pense no longo prazo

Aprender a tocar guitarra é como construir a casa onde você irá morar. Se você fizer com pressa e de qualquer jeito, com certeza terá problemas lá na frente. Mas se você fizer tudo certo e com calma, você ficará surpreso com os resultados e todo o esforço terá valido a pena. E o melhor, você poderá curtir sua nova casa à vontade. Do jeito que você quiser.

Não desenvolva vícios

Muitas pessoas, na pressa de conseguir tocar alguma coisa, acabam deixando de lado a perfeição. A vontade de tocar mais rápido muitas vezes faz com que o guitarrista cometa vários erros pequenos. O problema é que isso gera vícios. E isso é um problema enorme, porque, uma vez que você adquire um vício, é difícil se livrar dele.

Um vício é quando temos uma tendência a fazer algo errado (ou pelo menos de forma menos eficiente) e sempre acabamos seguindo essa tendência. Depois que nos acostumamos a fazer algo de uma forma, é difícil desacostumar e começar a aprender a forma certa. A principal dica para evitar vícios é identificando-os antes que eles crescam. Isso é fácil. Sempre que sentir vontade de pegar um atalho ou fazer uma pequena mudança na forma certa de tocar, pare e pense "aonde isso vai me levar?''.

Quando estiver tocando algo e cometer um erro, volte para o início e toque certo. Não se acostume a tocar errado.


Toque perfeito

Não contente-se em tocar bem. Tente tocar até não dar para ficar melhor. Isso requer mais treinamento no início, mas você colherá os frutos no longo prazo. Em breve, será muito fácil aprender novas músicas e os erros serão cada vez menos frequentes. Tenha um ouvido super-crítico. Se não está soando bem, descubra a razão e resolva o problema.

Tenha paciência

No início pode parecer que você está se desenvolvendo muito devagar. Você pode até achar que não leva jeito. Isso não é o menor problema. Quase todos os guitarristas se sentem assim quando estão começando. É estranho fazer todos aqueles formatos de acordes. Esquecemos das posições certas. Não conseguimos abrir direito a mão e alcançar todas as notas... São várias dificuldades, mas todos passamos por isso. Não se preocupe, tudo isso passa. Como? Veja as próximas dicas.



Os detalhes são muito importantes

A guitarra é um instrumento cheio de detalhes. Quanto mais detalhes você souber e quanto mais você conseguir executá-los com precisão, melhor guitarrista você será. Um detalhe sozinho pode não impressionar muito. Mas quando se junta vários detalhes em uma música, o conjunto fica extraordinário, podendo até ficar "fascinante". E é exatamente isso que os grandes guitarristas fazem. Cada música, cada frase na guitarra, cada solo é cheio de detalhes. Até mesmo as músicas que soam mais simples, por trás contam com vários pequenos detalhes.

Neste artigo, não vamos falar quais detalhes são esses, porque, de certa forma, o site inteiro fala sobre isso. Mas uma coisa podemos dizer sobre o assunto. Quando você estiver escutando um guitarrista e ficar impressionado com o que ele estiver tocando, não pense simplesmente "Esse cara é foda!". Um excelente exercício é analisar o que ele está tocando e tentar descobrir todos os detalhes que compõem o conjunto. Tudo o que você precisa fazer é quebrar a música em partes, pegar cada parte e quebrar em partes ainda menores a analisá-las com bastante atenção.

Você pode estar pensando "para tocar guitarra, eu preciso ficar pensando em vários detalhes ao mesmo tempo? Eu achava que era só tocar e pronto''. A resposta é "Não". Quando um guitarrista toca uma música, ele não fica pensando em vários detalhes ao mesmo tempo. Eles simplesmente fazem parte do seu jeito de tocar. Mas para chegar a esse jeito de tocar, é preciso treinar bastante. E aí sim, durante os treinos, é preciso prestar atenção aos detalhes, cada um deles - até que eles fiquem impregnados na sua forma de tocar. É como se os seus dedos adquirissem uma memória própria.

Dedicação

A coisa mais normal quando se está começando é pensar em seus guitarristas favoritos e se perguntar como ''como esses guitarristas conseguem tocar tão bem?''. A resposta não poderia ser mais simples: dedicação. Slash, Eric Clapton, B.B. King, David Gilmour... todos eles dedicaram enorme parte de seu tempo para tocar guitarra melhor. E aqui a frase que melhor se aplica é "nada melhor que um dia após o outro". Isto é, você não precisa aprender a tocar muito bem hoje, você só precisa tocar um pouco melhor que ontem. E amanhã, fazer a mesma coisa, e assim em diante. Não tenha pressa, mas não perca tempo. Cada minuto que você tocar deixará você melhor.

Disciplina

Não basta se dedicar, é preciso se dedicar da forma certa. E, na maioria das vezes, isso quer dizer se dedicar de forma eficiente. Para isso, você precisa ser metódico. Um treino desestruturado não o levará muito longe. Estabeleça metas. E se dedique a cumpri-las. Um exemplo de meta é aprender a tocar 3 músicas por semana. Existem milhares de possíveis metas. Para não ficar estagnado, tente sempre se superar. Crie metas cada vez mais ousadas (use sua criatividade!).


Treino

Se você estiver fazendo aulas, dedique boa parte de seu treino para fazer os exercícios que seu professor passar. Ninguém melhor que ele para dizer o que e como você deve treinar. Se seu professor não costuma passar exercícios para depois da aula, peça para ele passar a fazer isso sempre. É como um esporte. Jogadores de futebol, basket, vôlei... se exercitam o tempo todo para, quando chegar a hora do jogo, estarem em plena forma e preparados para fazer as coisas certas.


Repetição

Essa é uma das lições mais importantes para quem quer aprender a tocar guitarra. Nunca esqueça disso: "Se você quer aprender, você tem que fazer muita repetição". Essa é uma das maiores verdades na guitarra. E serve tanto para aqueles que estão começando quanto para aqueles que tocam há vários anos. De fato, os guitarristas reconhecidos como os mais rápidos do mundo são aqueles que mais treinam repetição. Não há segredos - quando se trata de técnica, repetição é o que mais importa.

Tenha um professor

Ter um professor é como ter um treinador em um esporte. Ele te conhece e faz você ficar melhor. Ele conhece os princípios e fundamentos e o coloca no caminho certo. Assuntos mais complexos, como Teoria Musical, não podem ser deixados de lado. E um guitarrista profissional é a pessoa mais capacitada para ensiná-los.


Steve Vai sabia a importância de ter um bom professor e procurou logo aquele que mais tarde viria a se tornar um dos melhores do mundo - Joe Satriani, que o ensinou tudo que sabia. Steve Vai foi seu aluno mais dedicado e, hoje em dia, é também um dos melhores guitarristas do mundo.



Auto-didatismo

Nós acreditamos 100% na sua capacidade para buscar e reter conhecimento. Ao longo de toda sua vida você aprendeu sozinho a fazer um monte de coisa. E, tocando guitarra, você terá a chance de usar todo o seu auto-didatismo. Apesar de recomendarmos fortemente que todos os guitarristas busquem um professor, valorizamos muito o auto-didatismo, pois sabemos que é uma excelente forma de aprendizado. Muitas vezes até mais rápido. Aquilo que nos dizem, podemos esquecer facilmente. Mas aquilo que aprendemos sozinhos, nunca esqueceremos.

Auto-didatismo é, basicamente, um caminho de aprendizado que consiste em usar sua inteligência para deduzir coisas novas. Em outras palavras, chegar a conclusões a partir do seu próprio raciocínio. Assim, podemos ver que a guitarra é uma ótima forma de exercitar sua inteligência.

Sugerimos, que você aproveite os dois caminhos que existem para aprender música e guitarra: ter um professor e aprender coisas sozinho. Deste modo, você estará aproveitando seu potencial máximo, além de usar seu tempo de forma eficiente. E, para ajudá-lo nesse caminho, lembre-se sempre que a música é como uma ciência, onde tudo faz sentido. Não são apenas notas tocadas aleatoriamente e que soam bem. Existe uma explicação para tudo que é tocado. Mas isso é outro assunto (Teoria Musical).

Um professor serve para te ensinar tudo aquilo que ele pode te ensinar (o que é muita coisa) e de forma organizada. Mas o auto-didatismo é o que fará com que você se torne único. Nenhum professor ensinou Jimi Hendrix ou Jimmy Page a fazer o que eles faziam.


Seja curioso

A guitarra é um mundo. Uma vez dentro, você pode passar anos descobrindo coisas novas. No entanto, você só as descobrirá se for atrás delas. Mesmo fazendo aulas com um excelente professor, ele não te dirá tudo o que você pode saber, a não ser que você pergunte. E ele não dirá por duas razões: é muita coisa para ser dita e ele provavelmente não sabe tudo (ninguém sabe tudo). Por isso, não espere que as informações caiam no seu colo. Corra atrás delas!

A principal característica dos curiosos é olhar para o mundo como um cientista e querer entender como as coisas funcionam. Ser curioso é não aceitar só o que nos dizem. É querer saber mais. Para isso, é preciso levantar perguntas, pensar em questões, ter dúvidas, sugerir hipóteses. E, é claro, procurar as respostas. Com o tempo, as peças do quebra-cabeça se encaixam.

Quer mais dicas? Leia os artigos abaixo e descubra muito mais!









___________________________________________________________________




Quer aprender Modos Gregos? 

Os Modos Gregos são uma forma de solar na guitarra e no violão que permite você criar as mais diversas sonoridades, gerando sensações e emoções inexplicáveis na sua música.

Aprenda todos os segredos no Workshop de Modos Gregos. Na 1ª parte deste Workshop 100% Online e 100% Gratuito vamos ensinar os Modos Gregos desde o início, explicando o que é e como funciona esta abordagem. Na 2ª parte vamos mostrar como aplicar os Modos Gregos nos seus solos, improvisos e composições.


Bons estudos!

GuitarCoast

40 comentários:

Bruno Valácio disse...

Começei a tocar faz 1 mes e meio. To aprendendo sozinho por enquanto, mas sei que sem um professor nao vou longe. Por isso ja estou a procura de um.
Excelente post cara!
Insentiva bastante nós que estamos começando.
Parabens!

Anônimo disse...

Leio os artigos deste blog 10 vezes e não injou sempre que releio aprendo mais coisas.. sem dúvida o melhor blog de guitarra tanto na parte psicologica quanto na prática.. parabéns aos que criaram esse blog Deus abençoes vocês...

Anônimo disse...

nossa essas dicas são de mais sou iniciante nessa area de de tocar guitarra mais com essas dicas quem sabe eu vou chegar longe

Anônimo disse...

eu kero toca guitarra mais muita gente fala pra mim ke é perda de tempo, ke eu nao tenho o DOM pra isso, me responde: esse negocio de DOM tem nada ver nao é?

Emiliano Gomide disse...

Fala meu amigo,
Se você quer tocar guitarra, vá em frente! Não deixe dificuldades te impedirem. Todos os guitarristas encontram dificuldades durante o aprendizado.
Ter um dom é o mesmo que ter facilidade em alguma coisa. E tocar guitarra é como realizar, ao mesmo tempo, várias coisas: manter o ritmo, tocar as notas certas, tocar com a técnica certa, ser criativo, entender e usar a teoria... Cada guitarrista tem mais facilidade em um ou mais desses aspectos. É isso que nos torna diferentes. Você vai perceber isso quando começar.
Não se preocupe com "dom". Tudo o que você precisa é determinação!
Abs

DOuglas disse...

parabéns pelas dicas cara.. toco guitarra a mais ou menos 1 ano. e aprendi tudo que sei sozinho, não sei muita coisa. mais sei o suficiente pra tocar as musicas que eu gosto e tento fazer isto cada vez melhor. este artigo me incentivou muito....
me abriu um leque de curiosidades e a vontade de aprender mais e mais.. pude ver que as dificuldades todos temos, embora cada um tenha suas dificuldades.. parabéns mesmo..

Um forte abraço!

André disse...

olá a todos.
Eu gostaria de aprender a tocar guitarra do início,com tempo e muita dedicação,mas não tenho possibilidades de frequentar aulas.Além de ser caro,encontro-me num país em que não domino a língua materna.Gostaria de saber se é possível através da internet...e se sim,quais websites devo frequentar...

Emiliano Gomide disse...

Fala André,
O ideal seria você fazer aulas, pelo menos algumas no início, para aprender o básico. Uma alternativa é pedir pra alguém que você conhece lhe ensinar. Mas também é possível aprender tudo por conta própria. Na internet você encontra de tudo, inclusive alguns cursos online, vídeos e instruções. Tem mais material em inglês, mas em português também tem bastante coisa. Sugiro que você comece tentando aprender os acordes básicos. No início é meio difícil mesmo, mas quando você se acostumar, poderá tocar várias músicas, que é o mais interessante. Comece fazendo uma lista com algumas músicas fáceis, com acordes básicos e vá tentando tocá-las aos poucos, com calma. Pra isso, você precisará aprender a ler cifras, que é como se lê música na internet. Aqui no Guitar Coast mesmo você encontra vários sites de Cifras: http://www.guitarcoast.com/2008/07/cifras-e-tablaturas.html
Precisando de dicas mais específicas entre em contato comigo, contato@guitarcoast.com. Abs e boa sorte!

Cratozz disse...

ótimas dicas, estou começando agora também e tenho 36 anos, será muito tarde para quem nunca tocou nada?! estou me interessando muito, gosto de Rock e metal, vou me dedicar, mas ficou meio receoso de pegar um professor, de ele não ter saco de ensinar alguém com 36 anos já rsrs. to indo atrás de aulas onlines só, vamos ver onde dá. abraço e parabéns pelo site.

Emiliano Gomide disse...

Cratozz,
Nunca é tarde pra aprender! Fique tranquilo que os professores costumam ter bastante paciência. Abs e boas aulas

Anônimo disse...

Toco violão há 5 anos. Percebi através deste post que tenho certos vícios, pulo notas e na maior parte das vezes não me aperfeiçoo na música. Um mês atrás comprei minha guitarra e estou totalmente perdida.
Só posso tocar guitarra se tiver uma boa base no violão?
Gostaria também de saber quais as musicas mais fáceis, sabe pra iniciantes? é necessario aprender a ler partitura?

Obrigada pelo incentivo, :D

Emiliano Gomide disse...

Se você já sabe violão, fica mais fácil, pois os acordes são iguais e as notas são as mesmas. Além disso, a técnica é muito parecida. Mas você não precisa saber tocar violão. Você pode ir direto para guitarra! Também não é necessário saber partituras para tocar guitarra. Você pode usar cifras e tablaturas para aprender músicas na internet.

Anônimo disse...

cara pedi a deus que me desse uma resposta em oque fazer e ele me respondeu li essas palavras como se fosse deus me dizendo muito abençoado esse sit obrigado ^^

Gatinha do rock disse...

Uau! Eu simplesmente amei esse blog! Pretendo aprender a tocar guitarra em breve, e eu acho q essas eram as palavras q eu precisava ouvir, ou melhor ver agora antes de começar. Vlw! Parabéns pelo blog maravilhoso! ;)

Anônimo disse...

Nossa este blog é mto bom....eu toco guitarra des dos meus sete anos..ai eu encontrei instrumentos que me facinaram, ai deixei a guitarra de lado, mas depois de ler essas dicas vou pegar a guitarra que fazia quase um ano e meio que nao tocava, e vou começar a tocar d novo...obg pelas dicas psicológicas...por que uma guitarra sem guitarrista é apenas um objeto de ferro e madeira...mas com um guitarrista é o melhor instrumento do mundo...vlw

Anônimo disse...

sempre tive vontade de tocar guitarra e agora esse blog me deu ainda mais iniciativa pois bem vou aprender a tocar assim que possivel e postarei aqui os resultados e duvidas valeu galera Bruno S.

Anônimo disse...

tocar um instrumento é se expressasr através dele. é como se naquele momento sua guitarra fosse sua unica forma de falar por o que esta dentro de vc para fora. pense nisso toda vez que for treinar galera, vc e seu instrumento serão um, o som que sair dele sera o sentimento que estar em vc.
Nada é impossível mas tudo exige dedicação,e força de vontade...
NADA É IMPOSSÍVEL
Apenás cuide de dar o seu melhor, não durma se no final do seu treino diario vc perceber que não deu o melhor de si, então levante e mande a priguiça embora
o resultado não se percebe geralmente no final do treino e sim nos próximos quando seus dedos estiverem com uma memória própia vai ser incrível.
Com o tempo vc vai se expressar melhor pelo seu instrumento do que por seus sentidos normais.
Valew.... Mega abraço p/Cs

Anônimo disse...

Vlw msm esse blog e d+ , ja toco guitarra a 1 mes i ja aprendi riffs famosos e sozinho , essas palavras eram as palavras q eu precisava.

bret(the hit man)hart disse...

adorei as dicas cara conprei minha guitarra mas nao entendo essas aulas pela net procuro um professor mas minha cidade e muito dificil achar um...meu sonho e cer como zakk wild

Anônimo disse...

bem.... eu sempre quis tocar guitarra tenho 15 anos mais muito falam pra mim continuar com a carreira de modelo fotográfica mas porem amo o bom jovi então vou tocar guitarra independente de que os outros digam

Matheus de Oliveira disse...

Eu gosto dessas ferramentas, são bem legais para quem está aprendendo, deixa mas facil, já faz um tempo que toco guitarra, aprendi com um curso muito bom que fiz, vou até deixar o link pra quem quiser acessar: http://bit.ly/guitarra1

é necessário copiar e colar no navegador

Lucas F.V.N. disse...

gostei muito motivador

jordan disse...

Kirk hammet nunca foi um guitarrista talentoso no seu início no Metallica isso foi um problema mas foi resolvido com 12 horas de treino por,dia entao não existe DOM existe vontade me espelho nele pra me tornar bom nisso

Anônimo disse...

tá aí gostei das dicas nota dez, aprender tocar guitarra é como se fosse está si ligando a alma com o corpo... para isso muito treinamento...

Anônimo disse...

Eu toco bateria já faz uns 5 anos mais ñ consigo aperder violão,guitarra ou baixo,o meu proplema e que falta força de vontade quero tocar como o Herman Li e o Sam Totman do Dragonforce!!! Tirando o Jimi Hendrix são os melhores guitarristas q já vi

Ana Clara Dias Zapula disse...

Noo vey ,valeu esse texto é a 3 vez que eu o leio, assim é encentivador realmente, eu to precisando porque meu professor de violao fico dando aula para mim 1 ano e foi embora, e me deu um base exelente, tipo eu conseguia tocar qualquer música que ja tinha ouvido, mas olhando a cifra na hora, ja desenvolvendo minhas proprias batidas, aí veio um de guitarra e me deu aula uns 10 meses, e me ensinou alguns exercicios de treino para guitarra, e escalas para eu poder trenar improviso, e foi embora :-( ,, e eu toco na igreja tenho que sempre aprender músicas novas entendi , e de vez enquando toco guitarra, mas quase sempre violao, e eu to ne um nivel em que eu pego de ouvido musicas bem fáceis, tipo com umas 3 notas kkk, e tento tirar melodias de musicas na guitarra, assim tenho muita vontade de aprender de verdade só que depois que meus 2 professores foram embora isso me desaninmou e tem dia que eu nem treno muito,,Tem 3 anos que eu toco, e eu assim; toco nada , eu sei que poderiaa tocar mais ,, mas essas coisas me deixa desanimada, e assim é muito dificil no meu caso aprender sozinho , coisas de diferente que eu faço mesmo pouca coisa e só pego musicas novas e tal...Mas aqui vou tentar aprender sozinha, maa mais ainda achar um professor kk, Obrigada pelas dicas..è de muito uso!!:-)

Emiliano Gomide disse...

Oi Ana Clara! Obrigado pelo seu comentário e por compartilhar sua história. Desejo pra você bons treinamentos para continuar evoluindo, e que você consiga encontrar um bom professor novamente. Abraços

Klinger Angelicola disse...

Muito obrigado galera, vocês me animaram muito, eu tava me sentindo exatamente como disseram, sou iniciante e não estava vendo resultados. mas agora estou motivado.

Eram as palavras que eu precisava ouvir, valeu!!!

Emiliano Gomide disse...

Quem bom Klinger Angelicola! Obrigado pelo seu comentário. Bons estudos e um abraço, Emiliano

Anônimo disse...

Poxa estou super triste! Pois não consigo decorar nada não nenhum acorde!!! Mais o seu site é super bom!!

Emiliano Gomide disse...

Olá, amigo! Obrigado pelo elogio! Não desanime. Tente novas "estratégias" para memorizar, como anotar o formato e nome dos acordes numa folha de papel. E vá com calma, um acorde de cada vez. Abraços

Lucas Belmont disse...

Estou começando a tocar guitarra, já tenho 20 e ás vezes penso que deveria ter começado antes, mas agora é correr contra o tempo. Sinto uma dificuldade terrível em alguns acordes, mas quanto mais eu os faço mais natural eles ficam. No começo os dedos se enganxam todos e abafam algumas cordas, mas com o tempo, meio que como mágica, o som vai naturalmente saindo. É bem legal.

Emiliano Gomide disse...

Oi Lucas, show! Legal saber que você está conseguindo desenvolver bem essa parte dos acordes. Vamos pra cima!

Cassiano de Lima da Rocha disse...

Bom galera! Tenho uma dúvida relacionada a meus estudos. Eu quero tocar violão profissionalmente mas tenho algumas dúvidas. É o seguinte: Eu tive uma base no violão cedo com uns 10 anos por ai, parei com uns 12 ou 13 depois voltei novamente com 14 pra 15 e depois acabei voltando de 16 para 17 (SEMPRE FAZENDO BASE NORMAL E CANTANDO, INCLUSIVE LARGUEI VARIAS VEZES PQ NÃO GOSTO DE CANTAR) e desde então sempre soube tocar violão mas nunca me interessei muito em aprender profundamente até mesmo pq sempre deixava de lado pra ir jogar video game (COISA DE CRIANÇA E COMO DISSE NÃO GOSTAVA DE CANTAR) . Com tudo isso acabei conhecendo o lado instrumental do VIOLÃO e me apaixonei e desde então voltei em setembro de 2014 com 19 anos, e devido a isso estou estudando o MÉTODO DE MARIO MASCARENHAS PRA VIOLÃO, já estou terminando e pegando muito bem, eu até consegui tirar músicas do CifraClub como: Nocaute, Escreve ai, Eu Quero sempre mais, Pais e Filhos, até toco um chorinho já no violão e tal... Gostaria de saber de vocês se já é tarde pra eu me dedicar no INSTRUMENTO, eu tenho horário livre das 7 da manha até as 4 hrs da tarde. Tava pensando até em fazer uma faculdade de música mas pra frente um conservatório. E Também oque acham de minha progreção ?

Rodolfo disse...

Cara eu ja tenho uma boa noção no violao e na guitar bem o basico sei que ha uma boa diferença entre um e outro. porem nunca peguei mesmo pra tocar guitar tb nao fiz aula, mas sei um pouco mais que o basico no violao, gostaria de saber se é extremamente necessario um professor... ou algo do tipo, pois o tempo que tenho eu reservo agora pra tocar a guitar em casa mesmo com a mulher ouvindo primo ( que toca tb ja alguns anos ). estou sempre gravando pra ouvir bem o que estou tocando. e mais uma coisa tem algo que eu posso priorizar no caso eu nao sei muitas escalas, e as notas que faço no violao nao sao iguais na guitar ( geralmente na guitar se faz com pestana e tal ) ...
pode me ajudar haha

Emiliano Gomide disse...

Fala Rodolfo, legal que você está se esforçando. Ter aulas com professor é sempre bom e eu recomendo, se você tiver disponibilidade. Nesse fase, é importante tentar aprender bem as músicas que você gosta, pois dessa forma você estará treinando tanto acordes quanto solos/escalas e desenvolvendo uma boa técnica

Rodolfo E. disse...

Emiliano muito obrigado. vou iniciar essa ideia então.
eu ando treinando tambem aqueles exercicios para a flexibilidade dos dedos ( 1,2,3,4 1,2,3,4,1,2,3,4 e assim segue ou 1,3,2,4,1,3,2,4 ) eu queria saber onde aprendo sobre os capacitadores, os volumes que ha na guitar as alavancas que tem rithyum e trible ( acho q é isso aquele pininho que tem no canto superior da guitar. ) pra essas coisas sou bem leigo no caso... alguma dica ??
desde ja agradeço a atenção.

Emiliano Gomide disse...

Fala Rodolfo, geralmente as guitarras tem três posições na chave de captadores. A posição com a chave pra cima (rhythm) possui uma sonoridade grave; pra baixo (treble) tem uma sonoridade mais aguda e estalada; e no meio tem uma sonoridade intermediária. A dica é usar a chave pra baixo pra fazer solos mais gritantes/radicais, e pra cima em solos mais suaves e em bases de acordes. E no meio, quando você deseja obter um meio termo... Abs, Emiliano

Mauricio disse...

Muito bacana as dicas me ajudou muito

Emiliano Gomide disse...

Que bom, Mauricio, bons estudos!