Dicas Para Ensaios

Por Eduardo Kaplan


Fala, galera do Guitar Coast! Me chamo Eduardo, sou do Rio de Janeiro e tenho uma banda chamada Le Raleh. Estamos na batalha há 4 anos, e lançamos nosso primeiro CD “Tá Na Moda” em dezembro de 2013. Nessa seção, a convite do amigo Emiliano, meu objetivo é passar para vocês algumas dicas sobre como é ter uma banda, contando um pouco as dificuldades fora do palco, mas também a visão que se tem em cima dele. Espero que minha ajuda seja útil para aqueles que pretendem seguir carreira na música! Neste primeiro artigo, vou falar sobre dicas para ensaios com a sua banda!


Concentração

Pense no ensaio como o momento em que se estuda para uma prova: há de se ter a maior concentração possível para que, no momento crucial, não se cometa erros que comprometam a sua nota. Da mesma forma, preparar-se bem para uma apresentação é essencial. A sua “nota” será a avaliação das milhares de pessoas que foram assistir ao seu show (ou daqueles cinco gatos pingados na plateia) que, por mais que não sejam músicos ou entendedores, notarão uma nota grosseiramente errada.

Preparando o show perfeito

Gosto de ver o ensaio como o momento em que o show começa para o artista. Por mais que não tenha ninguém te assistindo e te avaliando – e isso é ótimo, pois você pode errar à vontade –, fora os seus companheiros de banda, aquelas são as horas em que se deve pensar no repertório e sua ordem, nos arranjos das músicas, e em como conectar uma música na outra. O show deve ser o mais contínuo possível, para que não fique “morno” em momento nenhum. Por isso, pense em todas as variáveis da apresentação para que não se tome nenhum susto na hora H, comprometendo a sua qualidade.

Ensaie antes do ensaio

O maior proveito é tirado quando o ensaio começa em casa, sozinho. É nesse momento que o músico deve se preparar para, quando se reunir com a banda, ter conhecimento sobre o que deve fazer, minimamente, em determinada música. Por mais que a versão da música a ser trabalhada seja uma que difere da original, o guitarrista, baixista, vocalista, tecladista, baterista e todos os outros “istas” presentes no conjunto precisam saber elementos como o tom da música, como ela se desenvolve, seus detalhes de harmonia, entre outros importantes. Tudo isso para que não se perca tempo com coisas que cada músico deveria estudar individualmente, mas, sim, com aquilo que a banda precise pensar em conjunto.

O tempo do ensaio é precioso

Para aproveitar ainda mais a duração do ensaio, evite atrasos. O tempo de “estudo” conjunto da banda é precioso, seja pelos fatores citados anteriormente, seja pela química que se cria com os músicos, algo imprescindível para uma banda se apresentar com desenvoltura e harmonia. Além disso, caso faça os ensaios em estúdios, tente se programar para que não fique com tempo ocioso ou tenha que correr com as músicas para conseguir passar tudo.

A infraestrutura do ensaio

A qualidade do ensaio pode variar muito em função do lugar onde ele é feito. Tocar em lugares com custo zero, como a garagem de casa, é bom, mas pode ser desconfortável. O estúdio é sempre a melhor opção, principalmente por conta dos equipamentos (amplificadores, retornos de áudio, mesa de som etc.) e do espaço.

Galera, essa foi minha contribuição para aqueles que têm dúvidas a respeito da importância de se ensaiar com sua banda. Lembrando, ainda, que os ensaios devem ser periódicos, e não apenas quando se tem uma apresentação à frente. Espero ter ajudado!

Autor: Eduardo Kaplan

Conheça mais sobre a banda do Eduardo, Le Raleh:




___________________________________________________________________




Quer aprender Modos Gregos? 

Os Modos Gregos são uma forma de solar na guitarra e no violão que permite você criar as mais diversas sonoridades, gerando sensações e emoções inexplicáveis na sua música.

Aprenda todos os segredos no Workshop de Modos Gregos. Na 1ª parte deste Workshop 100% Online e 100% Gratuito vamos ensinar os Modos Gregos desde o início, explicando o que é e como funciona esta abordagem. Na 2ª parte vamos mostrar como aplicar os Modos Gregos nos seus solos, improvisos e composições.


Bons estudos!

GuitarCoast

Nenhum comentário: