Como Fazer Harmônicos na Guitarra


Por Emiliano Gomide

O que são Harmônicos?

Uma nota tocada no violão ou na guitarra é composta por uma mistura de vários sons de freqüências diferentes. Cada um desses sons é um harmônico. E existe uma forma de se tocar e ouvir apenas um harmônico de cada vez. Na verdade são duas formas - através dos harmônicos naturais e dos harmônicos artificiais.

Como se Faz?

Harmônicos Naturais

Os Harmônicos Naturais são obtidos ao posicionar o dedo indicador sobre qualquer corda, em cima do sétimo traste, sem pressionar a corda, e a seguir palhetando a corda. Também é possível tocar harmônicos naturais sobre o quinto traste, o décimo segundo e o décimo nono traste, como no vídeo abaixo. Além desses, existem harmônicos naturais que são mais difíceis de tocar, eles ficam na terceira, quarta e nona casa.

Harmônicos Artificiais

Os harmônicos Artificiais são aqueles que são manipulados com uma palhetada especial. Eles podem ser tirados de qualquer corda em qualquer casa, mas com certeza é muito mais fácil na região do meio do braço. Há muitas formas diferentes de se conseguir um Harmônico Artificial, e com certeza é muito mais fácil com uma boa distorção.

A técnica necessária para se obter um harmônico artificial é simples, porém requer prática. Ela é dividida em dois momentos. No primeiro, você dá uma palhetada normal na corda desejada – procure fazer o movimento mais curto possível. No segundo momento, você gira levemente a mão que está segurando a palheta para que a lateral do seu polegar encoste na corda, abafando-a levemente.

Aos poucos você irá descobrir que para cada nota que você palhetar existe uma posição certa na corda para atingir com a palheta. Essa posição geral mente é entre os captadores, e elas podem estar mais próximas da ponte ou do braço da guitarra.

É interessante notar também que você pode obter diferentes sons para uma mesma nota através dos harmônicos artificiais. Funciona da seguinte maneira: Escolha uma nota, e mantenha seu dedo fixo nela; por exemplo, a nota lá na quarta corda, sétimo traste. Agora aplique um harmônico artificial exatamente entre os dos captadores. E então experimente aplicar o harmônico artificial entre outras regiões da corda.

Essa técnica é muito utilizada por Eddie Van Halen, o guitarrista que tornou os harmônicos, tanto os naturais quanto os artificiais, tão populares no rock.

Quem Faz?

Muitos guitarristas de todos os estilos usam os harmônicos. Porém, alguns exploraram essa arte com mais profundidade. Eles são Eddie Van Halen, Zakk Wylde, Steve Vai, Steve Morse, Joe Satriani e Dimebag Darrel.

Uma Forma Especial de Harmônicos Naturais

Existe ainda uma nova forma de se obter harmônicos artificiais, que é muito fácil, mas não tão comum. E o bom dela é que é muito legal de se fazer, e é possível também tirar sons bem distintos da sua guitarra.

É assim que se faz:

Pressione o dedo sobre a segunda casa da quinta corda com uma mão, e com a ponta do dedo indicador da outra mão bata rapidamente sobre o sétimo traste da mesma corda. Essa é apenas uma das muitas combinações possíveis. Você pode experimentar segurar o dedo sobre outra nota, e bater com o outro dedo em outra casa também. Por exemplo, experimente apertar o dedo no quinto traste, e com o indicador da outra mão acertar rapidamente o décimo segundo traste.

Como todos eles funcionam


O que há em comum entre todas as espécies de harmônicos tocados na guitarra? Simples. O princípio aplicado é sempre o mesmo. Em todos eles você está dividindo o comprimento da corda em frações. Por exemplo, quando você toca um harmônico natural sobre a décima segunda casa de qualquer corda, o que você está fazendo na verdade é dividir o comprimento da corda em duas partes exatamente iguais!

Você pode dividir a corda em quantos pedaços você quiser. Por exemplo, para dividi-la em três pedaços iguais, basta posicionar o seu dedo sobre o sétimo traste e tocar a corda. E, como ela foi dividida em três, existe mais uma posição que fornece o mesmo harmônico – o décimo nono traste.

O mesmo funciona para os harmônicos artificiais. Apenas a forma que eles são obtidos é diferente. No harmônico natural, nós colocamos o dedo de uma mão sobre uma posição e palhetamos a corda com a outra mão. Com o harmônico artificial, nós fazemos os dois ao mesmo tempo, e com a mesma mão. Primeiro palhetamos a corda, e imediatamente depois colocamos a borda do dedo polegar da mesma mão sobre a posição desejada.

Foto: Zakk Wylde

Leia também sobre outras Técnicas de Guitarra:
___________________________________________________________________

http://99e0445.leadlovers.com/como-solar-com-modos-gregos-1

Quer melhorar seus solos?

Se você quer melhorar seus solos e aprender a solar com Modos Gregos, nós recomendamos que você conheça o Como Solar Com Modos Gregos. Este é o único método que ensina como criar solos interessantes com Modos Gregos, sem ter que decorar um monte de escalas.

Caso ainda não conheça, visite e assista aos vídeos gratuitos da série Como Solar Modos Gregos no link abaixo:

Clique AQUI para conhecer o Como Solar Com Modos Gregos

Bons estudos!

GuitarCoast

2 comentários:

Anônimo disse...

OUTRO GUITARRISTA QUE EXPLORA MUITO HARMÔNICO É O RICHIE SAMBORA DO BON JOVI.

oberdan disse...

Cara parabéns pelo blog, muito bom, motiva muito a toca, cara continua escrevendo, tu nem sabe a ajuda que tu dá