Dicas 1, 2, 3, 4 e 5 - Modos Gregos

Por Emiliano Gomide
.

Steve Morse fazendo um de seus solos que deixam todo mundo de boca aberta 


O artigo de hoje é pura dica. Ou melhor, dicas...

... Dicas sobre Modos Gregos!

===============================

Dica nº 1 - O Poder da Mente

Eu posso te ensinar um monte de teorias, escalas e técnicas. Mas, para ser sincero, a verdadeira habilidade de solar com Modos Gregos está em usar a sua própria intuição. Para uns parece simples, para outros nem tanto. O fato é que tocar guitarra como um robô não adianta nada. Nunca vou cansar de falar que solar é altamente humano. Seja humano, use sua intuição, suas emoções, impulsos, expresse o que você sente, busque isso lá de dentro. Mostre como você vê o mundo. Eu resumo isso com uma palavra: Intenção. Para cada sonoridade que quiser criar, pense bem qual intenção você quer transmitir, e ela aparecerá.

Dica nº 2 - Simplicidade

Modos Gregos é um assunto que rapidamente faz as pessoas pensarem: “É difícil”, “É complexo”, “Precisa saber teoria”, “É confuso”. Se você está começando, ou está com dúvida, siga este conselho: Simplifique. Por exemplo, um dos medos que os guitarristas têm é precisar decorar dezenas de escalas. O que fazer? Simplifique! Você só precisa de um modelo da escala maior para tocar os 7 Modos Gregos. E têm várias outras formas de simplificar. Afinal, solar com Modos Gregos é basicamente tocar a escala maior com uma interpretação diferente.

Dica nº 3 - Escolha com Sabedoria

> Lembre-se que para cada Modo temos diferentes notas a serem enfatizadas.

Todos os solos com Modos Gregos são baseados na escala maior, que possui 7 notas. Mas isso não quer dizer que você deve tocar todas as 7 notas. Pelo contrário, quanto melhor você entender o que está tentando transmitir, mas você perceberá que apenas algumas notas já cumprem a missão.

Dica nº 4 - Use suas Lembranças

> Para criar um solo bem característico, lembre-se de uma música, guitarrista ou estilo que tenha uma sonoridade marcante.

Solar com Modos Gregos é fugir do óbvio. É criar algo marcante, com personalidade. Para isso, você precisa colocar características marcantes em seu solo, que mostrem que ele tem personalidade. Com o tempo você terá essas características na ponta dos dedos, em sua memória sensorial. Mas no início você não tem quase nada. Por isso, para começar, use as lembranças mais fortes que você possui. Por exemplo, para criar solos no Modo Frígio, eu sempre me lembro da música espanhola. É uma lembrança que vem fácil. Mas também tenho outras lembranças do Modo Frígio, como a música Wherever I May Roam, do Metallica.

Dica nº 5 - Você fala minha língua?

Por que Modos Gregos é algo tão especial? Porque é como falar um idioma novo! É uma forma de se comunicar diferente. Mas, não adianta apenas saber as palavras. Tem que saber pronunciá-las. E se quiser virar fluente numa língua, você precisa aprender o sotaque também! Encare os 7 Modos Gregos como 7 línguas diferentes, e aí sim você estará percebendo eles como bem diferentes um do outro.

Leia também o próximo artigo, com mais dicas:
Dica nº 6
Dica nº 7
Dica nº 8
Dica nº 9
Dica nº 10




Quer aprender Modos Gregos? 

Os Modos Gregos são uma forma de solar na guitarra e no violão que permite você criar as mais diversas sonoridades, gerando sensações e emoções inexplicáveis na sua música.

Aprenda todos os segredos no Workshop de Modos Gregos. Na 1ª parte deste Workshop 100% Online e 100% Gratuito vamos ensinar os Modos Gregos desde o início, explicando o que é e como funciona esta abordagem. Na 2ª parte vamos mostrar como aplicar os Modos Gregos nos seus solos, improvisos e composições.


Bons estudos!

GuitarCoast

4 comentários:

Alberto Pereira disse...

Como sempre, só dicas boas. Vc é fera

Emiliano Gomide disse...

Valeu Alberto!

Thiago Trevizan disse...

Mto legal,
só assisti o primeiro video rapidamente há uns tempos atrás, na correria acabei deixando de lado.
Vou retomar e ver o vídeo 1 e 2.
obrigado Emiliano,
Abç

Emiliano Gomide disse...

Show Thiago! Bons estudos, amigo. Abs