Música Clássica Erudita Para Guitarra

Por Júlio Vallim


J.S. Bach (1685-1750) - Um dos músicos mais completos que já existiu

Por meio do estudo da música erudita, um guitarrista pode melhorar muito sua musicalidade: os compositores clássicos são conhecidos por sua técnica e interpretação. A disciplina de um músico erudito, seja na época de Beethoven, Bach, Mozart, ou nos dias atuais, é reconhecida... o que o leva ao desenvolvimento de uma ótima mecânica, leitura, parte rítmica e percepção musical. 

Particularmente, gosto muito desse estilo, e procuro ouvir muito compositores como Bach e Beethoven. Todas as suas peças ficam excelentes na guitarra, além do desenvolvimento técnico incrível que proporcionam na guitarra, independentemente do estilo que você queira tocar.

Guitarra Barroca

Neste artigo, vou escrever sobre a Guitarra Barroca, cujo maior compositor é, na minha opinião, um dos músicos mais completos que já existiu: J.S. Bach (1685-1750). Guitarristas como Yngwie Malmsteen, Richie Blackmore e Steve Morse têm total influência de Bach. Basta ouvirmos suas composições para verificar isso. 

Nascido na Alemanha, Bach é o mais reconhecido músico do período barroco, foi responsável pela inclusão acentuada da polifonia. Na polifonia há a superposição de diferentes melodias, sons que se entrelaçam e formam um arranjo harmônico, como em uma orquestra. Diferentes instrumentos realizam linhas melódicas distintas. A principal técnica é a imitação, onde diferentes instru­mentos tocam a mesma melodia em alturas diferentes).

Uma das principais obras de Bach é intitulada de "O Cravo Bem Temperado", originalmente escrita para o cravo (instrumento semelhante ao piano). Transcrevi para a guitarra a primeira parte do prelúdio II em Dó menor. As duas vozes estão transcritas, mas, particularmente, prefiro tocar a primeira por ser mais aguda.

O CRAVO BEM TEMPERADO: PRELÚDIO II, PRIMEIRA PARTE


Clique na tablatura para ampliar

GUITARRA 1: Aparece transcrita na primeira tablatura. Afine a sexta corda em Eb (Mi bemol). Ao tocar, você notará que precisará de uma boa abertura de dedos para a mão esquerda, o que já funciona como um bom exercício de desenvolvimento. O estudo dessa peça propicia ao guitarrista um ótimo estudo das técnicas de palhetada alternada, sweep picking e saltos de corda. Uma ideia que pratico é estudar a escala da música antes, nesse caso, Cm (Dó menor) por todo o braço, pois isso facilita a percepção da digitação ao tocarmos uma música.

Os dois primeiros compassos devem ser tocados utilizando a palhetada alternada - vai de cada instrumentista, mas é a minha sugestão, pois facilita a digitação de modo que soe de forma limpa em velocidade. Nos compassos 3 e 4, há um arpejo em que a melhor maneira ocorre quando unimos o sweep e a palhetada alternada, experimente.  

GUITARRA 2: Na guitarra 2 existe um contraponto em relação à 1. Ela soa mais fácil porque é dotada de menos notas em sua composição, por isso a guitarra 1 soa como voz principal e dá o tema.
Minha sugestão é que se grave a guitarra 2, onde é executada a harmonia do tema, assim podemos tocar a guitarra 1 em cima. Espero que gostem, é um excelente estudo para qualquer nível, seja um guitarrista avançado ou para aquele que quer aprimorar sua técnica, já que o erudito nos dá uma nova forma de pensar melodicamente.

Bom estudo!

Autor: Júlio Vallim

Sinta-se à vontade para deixar um comentário aqui embaixo.

Artigo Relacionado: Introdução à Teoria Musical

Conheça mais sobre Júlio Vallim:



___________________________________________________________________




Quer aprender Modos Gregos? 

Os Modos Gregos são uma forma de solar na guitarra e no violão que permite você criar as mais diversas sonoridades, gerando sensações e emoções inexplicáveis na sua música.

Aprenda todos os segredos no Workshop de Modos Gregos. Na 1ª parte deste Workshop 100% Online e 100% Gratuito vamos ensinar os Modos Gregos desde o início, explicando o que é e como funciona esta abordagem. Na 2ª parte vamos mostrar como aplicar os Modos Gregos nos seus solos, improvisos e composições.


Bons estudos!

GuitarCoast

Nenhum comentário: