Minicurso de Figuras Rítmicas - Parte 6


Obs: Este é o minicurso gratuito de Figuras Rítmicas do Guitar Coast. Aqui está o acesso aos demais capítulos:

Figuras Rítmicas - Parte 1
Figuras Rítmicas - Parte 2
Figuras Rítmicas - Parte 3
Figuras Rítmicas - Parte 4 
Figuras Rítmicas - Parte 5 


Olá Pessoal!!!

Continuamos com nosso curso de guitarra rítmica, e o tema de hoje é acentuação. Vamos entender sobre o assunto e trabalhar alguns exercícios.

Podemos definir acentuação musical por passagens e nuances na música que possuem, em alguns tempos, ataques expressivos uns diferentes do outro, assim caracterizando a mensagem de uma determinada música.

Uma nota acentuada recebe um ataque maior de intensidade, isso significa que a pressão com que ela é tocada é maior que as outras, facilitando o entendimento das passagens musicais e entradas de diferentes sessões.

Colocando isso em compassos no binário e no ternário, temos a acentuação no tempo 1, sendo os outros tempos fracos. No compasso quaternário, a acentuação vem no tempo 1 e no tempo 3, sendo o tempo 1 mais expressivo que o primeiro como sugere o esquema abaixo.




O tempo forte é marcado pela letra F. No 4/4, onde temos dois tempos fortes (tempo 1 e 3), o primeiro é mais forte, indicado por um F maior.

Essas situações são bem comuns. Ouça algumas músicas que você goste e perceba isso, principalmente no 4/4. É legal ver a interação entre os dois tempos fortes e ver como a teoria se aplica perfeitamente na prática.

Acentos Métricos: Acentos que possuem o tempo forte na entrada do compasso e outros acentos livres durante os outros tempos de duração do compasso.

Acentos Dinâmicos: Sons fortes que não necessariamente são colocados no tempo de entrada do compasso e ficam livres de acordo com a intenção do compositor.

Exercícios de acentuação

Abaixo, temos várias situações onde iremos trabalhar os acentos. Usaremos mais os acentos dinâmicos para entender as mais variadas possibilidades de acentuação rítmica.



O que devemos fazer aqui é tocar as notas acentuadas, lembrando que temos notas abafadas. As notas que não são abafadas são notas onde está o acento. Temos uma grande variação de possibilidades de acentuação, é importante trabalhar todas elas. Nesses exemplos acima, usamos apenas as semínimas.




Em seguida, temos o mesmo exercício de acentuação, porém agora trabalhando as colcheias, distribuindo as acentuações nos mais variados tempos dentro dos acordes.

Autor: Ramon Domingos

===========================================================



Quer aprender Modos Gregos? 

Os Modos Gregos são uma forma de solar na guitarra e no violão que permite você criar as mais diversas sonoridades, gerando sensações e emoções inexplicáveis na sua música.

Aprenda todos os segredos no Workshop de Modos Gregos. Na 1ª parte deste Workshop 100% Online e 100% Gratuito vamos ensinar os Modos Gregos desde o início, explicando o que é e como funciona esta abordagem. Na 2ª parte vamos mostrar como aplicar os Modos Gregos nos seus solos, improvisos e composições.


Bons estudos!

GuitarCoast

Nenhum comentário: