10 Razões Para Aprender Velocidade na Guitarra (Parte 1)

Eddie Van Halen - Solos com velocidade e bem animados

Este artigo não é sobre “tocar rápido”, é sobre “conseguir tocar rápido”. Vou explicar melhor. Tocar rápido é simplesmente tocar uma sequência de notas em alta velocidade. Mas isso só tem valor musical se você conseguir tocar algo agradável. Conseguir tocar rápido, no entanto, é uma habilidade, que se desenvolve com treino e que pode mudar completamente a vida de um guitarrista, pois não só ele passa a tocar melhor tecnicamente, como ele também passa a conseguir tocar mais. Mais músicas, mais solos, mais ritmos e com mais sensibilidade. A seguir, você descobrirá as razões para exercitar essa habilidade.

1 - É mais fácil do que você imagina

Se você conhecer alguém que toque guitarra com bastante velocidade e perguntar a essa pessoa como ela conseguiu chegar a esse nível, ela responderá que não fez nada demais, que apenas treinou alguns exercícios bem simples. Resumindo, é isso. Você não precisa tocar exercícios difíceis. Basta tocar exercícios fáceis, começando bem devagar, e ir aumentando a velocidade aos poucos, conforme for se acostumando com o exercício.

2 - É divertido

O processo de aprender velocidade é divertido pelo simples desafio. Depois que você pega o jeito de um exercício, você vai sentindo uma vontade irresistível de aumentar o ritmo. É aí que o negócio começa a ficar interessante. Quando você começa qualquer exercício, é como se estivesse aprendendo as regras do jogo, mas, logo depois que as aprende, você simplesmente quer jogar, mais e mais vezes! Passa a ser divertido. E o legal disso é que, não importa qual é a sua velocidade hoje, você sempre poderá aumentá-la mais um pouquinho treinando uns 30 minutos por dia.

3 - Para poder tocar todas as músicas que você gosta

Você já deve ter pensado em várias músicas que gostaria de tocar, mas que logo desistiu, pois elas pareciam difíceis, quase impossíveis. Isso acabará. Não há nenhuma música que você não possa tocar. Ao conseguir tocar com mais velocidade, ficará incrivelmente mais fácil aprender qualquer música, pois, na maioria das vezes, a velocidade da música é menor do que aquela que você adquire no treinamento. É como diz o ditado, “treino duro, jogo fácil”.

4 - Para tocar como os melhores guitarristas do mundo e criar solos de guitarra incríveis

Uma das qualidades que os melhores guitarristas do mundo têm em comum é que eles são excelentes tecnicamente, conseguindo tocar cada nota com absoluta precisão, mesmo quando em alta velocidade. Todos eles se dedicaram a aprender a tocar com velocidade para que pudessem criar músicas mais densas. Mas isso não significa que eles toquem rápido o tempo todo. Pelo contrário, geralmente, as partes mais rápidas de suas músicas duram pouco tempo, mas são justamente essas partes que criam o clímax da música, que, quando bem feito, causa arrepios. Aumentar a velocidade conforme o solo vai esquentando é uma forma poderosa de criar um solo marcante, como fez Slash em Sweet Child O’ Mine, do Guns N’ Roses.



Até em estilos mais lentos, como o reggae, um pouco de velocidade também cai bem. Na música Waiting in Vain, de Bob Marley And The Wailers, que é bem lenta, Al Anderson toca um solo maravilhoso, com uma breve passagem bem mais rápida que o restante do solo. Nessa música, você percebe que variações de velocidade servem para dar mais contraste, fazendo a música ganhar vida.



Jimi Hendrix, Slash, Steve VaiEddie Van HalenJoe SatrianiJimmy PageSteve Morse, todos eles souberam como usar a velocidade para criar músicas e solos inesquecíveis, usando essa técnica como um dos ingredientes para a receita de suas músicas.

Veja abaixo alguns dos melhores solos de guitarra que eles criaram:

- Dire Straits (Mark Knopfler): Sultans of Swing
- Iron Maiden: The Number of the Beast
- Guns n’ Roses (Slash): Sweet Child O’Mine
- Joe Satriani: Summer Song
- Led Zeppelin (Jimmy Page): Stairway to Heaven
- Liquid Tension Experiment (John Petrucci): Universal Mind
- Metallica (Kirk Hammett): Enter Sandman
- Steve Morse: Tumeni Notes
Steve Vai: For the Love of God
- Van Halen (Eddie Van Halen): Hot For Teacher


Liquid Tension Experiment (John Petrucci)- Universal Mind

Com mais velocidade, você melhorará muito a sua habilidade de improvisar com qualidade. Um solo de guitarra ultrarrápido pode até impressionar, mas não é isso que faz as pessoas quererem escutar uma música. Um dos segredos para um bom solo de guitarra é saber tocar as notas que combinam com os acordes que estão sendo tocados. Mas quando a troca de acordes é rápida, você também precisa pensar rápido para escolher as notas a serem tocadas. E o treino de velocidade desenvolve muito bem essa habilidade.

John Petrucci - Velocidade com intensidade

5 – Para conseguir fluir pelo braço da guitarra sem esforço

Você já deve ter visto um guitarrista tocando rápido e deve ter ficado chocado com a forma com que ele movia seus dedos pelo braço da guitarra, imaginando como deve ser legal fazer isso. E realmente, é MUITO legal! Seja para solar e improvisar ou só para brincar. Afinal, guitarra também serve para se divertir. Ao treinar velocidade, você aprenderá como fazer movimentos rápidos na guitarra, sem errar notas, explorando todo o braço da guitarra, saindo do grave para o agudo com muito mais dinâmica – de cima para baixo, da esquerda para a direita e vice-versa.

Steve Vai - Velocidade e muito virtuosismo

Nos vemos lá,

Emiliano Gomide


Leia também:

Tudo Sobre Velocidade
Arpejos

___________________________________________________________________




Quer aprender Modos Gregos? 

Os Modos Gregos são uma forma de solar na guitarra e no violão que permite você criar as mais diversas sonoridades, gerando sensações e emoções inexplicáveis na sua música.

Aprenda todos os segredos no Workshop de Modos Gregos. Na 1ª parte deste Workshop 100% Online e 100% Gratuito vamos ensinar os Modos Gregos desde o início, explicando o que é e como funciona esta abordagem. Na 2ª parte vamos mostrar como aplicar os Modos Gregos nos seus solos, improvisos e composições.


Bons estudos!

GuitarCoast

Nenhum comentário: